domingo, 29 de junho de 2008

O Dia Da Criação

vinicius

Para quem não conhece esta poesia de Vinicius de Moraes, que dentre outras tantas obras do poetinha, foi a inspiração para este blog, aqui vai uma pretensiosa tentativa de uma possível interpretação. Pelo menos no nosso ponto-de-vista.

Sempre que nos reunimos há motivo para comemoração, mesmo que não haja motivo nenhum. Isso acontece há pelo menos quinze anos.

Nesta poesia, o dia da criação do homem é contestado. Se o criador tivesse descansado no sexto e não no sétimo dia, o homem não existiria.

Assim, não haveria desamor, falsidades, regras, desavenças e todas as coisas ruins do nosso dia-a-dia, porém, também não haveria tantas outras coisas boas.

Hoje pode acontecer de tudo.

O importante é viver o presente, mesmo que coisas ruins aconteçam, porque, enfim, estamos aqui. "Tivesse o Senhor, descansado no sexto dia, não existiríamos..."

"Então vamos brindar, vamos comemorar e tudo isso, porque hoje é sábado!"

Quarta, no nosso caso.

Ouça a poesia.

 Vinicius de Moraes - O Dia da Criação

Rodrigo S. Araujo

4 comentários:

Rodrigo disse...

Como podem observar na foto da semana, fizemos tudo como manda Vinícius e mais um pouco no sábado! Afinal, era sábado. Mas se for segunda, terça ou quarta, fazemos também....

Walter Porciuncula Jr disse...

E se for começo de mês então... ahhhhhhhh !!

Lucinho Coelho disse...

Vamos todos esquecer a segunda, organizar as idéias, nos prepararmos com alegria, com xantinon, lavar as tulipas, instalar os barris, preparar as cadeiras, as redes, tirar as botinas surradas, coçar as frieiras; olhar para o infinito e ver como é bonita a espuma do copo refletida no verde do meu jardim...e depois sem mais delongas, do primeiro gole, lembrar...hoje é sábado! Oh, Forfê!!!

Flávia disse...

Salve Vinicius de Moraes ... poeta, diplomata e principalmente, boêmio como nós ...