quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Inspiração Mediterranea numa Quarta-feira.

DSC01437

E na última quarta do ano para os jantares do PHéQ, depois das comemorações pré-natalescas, timidamente preparamos um Penne ao Pesto.

Inspirados nas receitas mediterraneas, resolvemos preparar o tradicional pesto com muito manjericão (mas muito mesmo), nozes, parmesão ralado, alho e azeite.

Na realidade, o tradicional pesto leva queijo caporrino no seu preparo, mas como não encontramos, fomos só de parmesão mesmo.

Fizemos até uma porção extra, sem nozes, para a Lia que é alérgica às nozes.

Depois de tudo triturado e misturado, apenas aquecemos o molho e servimos com macarrão levemente frito na manteiga.

Para quem não curte o sabor forte do manjericão, uma dica do Foca é adicionar creme de leite fresco para suavizar o sabor sem tirar o aroma.

Ficou uma massa bem leve e a pasta bem cremosa. Não sei se agradraia a todos, mas taí uma opção de massa  mais light. Sei que é calórico, mas a receita é repleta de anti-oxidantes, arginina, acido linoléico e polifenóis, o que ajuda no combate ao LDL (mau-colesterol), diminuindo riscos de acidentes cardiovasculares, além de estabilizar o sistema imunológico e comabater o envelhecimento celular. Saúde!

DSC01442

Para contra-balançar, para a sobremesa, a Flávia preparou um Chocotone recheado com sorvete de creme, geléia de framboesa e manjericão picado. Muito bom!

DSC01443

 

Além da falta de algumas pessoas que frequentam nossas quartas com certa assiduidade, faltou também o pilão de mármore para fazer o tradicional molho pesto, rsrs (fizemos num liquidificador industrial gigantesco da mãe do Walter), faltou uma carne para acompanhamento e algumas horinhas a mais de freezer para a sobremesa, não é Flá?

Mas em resumo, ficou tudo muito gostoso e até que foi divertido retirar folha por folha daquela tonelada de manjericão.

10 comentários:

Walter Porciuncula Jr disse...

Meu dedo ainda ta verde!! mas valeu a pena, ficou uma delícia!

Vamos procurar outras receitinhas da dieta mediterranea!!

Elisa disse...

Ai... posso falar?? Eu confio que esteja gostoso. Confio mesmo. Juro. Mas quem assim como eu, trabalha com crianças há muitos anos, adquire certo nervoso de substâncias pastosas e esverdeadas. Pronto. Falei!

Suuuuuuuuuuper foi mal... mas...aff...

Elisa disse...

Ah! O Panetone tá bacanão!

Lia disse...

Meninos....
Como sempre vcs arrasaram no jantar!
Tava divino SIMMMMM!!!
Só quem provou pode falar o quão MARAVILHOSO tava este Penne...
Um beijãooooo

Rê Gallo disse...

Tenho umda dica para o molho ficar mais grudadinho na massa. Coloque a massa já cozida e o molho em uma frigideira para saltear (ói que chique) junto um pouco da água do cozimento.
Ontem mesmo fui pegar umas folhas do meu manjericão, que deve ser alienígena de tão grande, e pensei em fazer pesto para congelar.. Mas daí me deu uma mega preguiça de tirar as folhinhas...
Bjs!

Laurita disse...

KKKKK, Agora a Elisa justificou o nome do seu Blog, falou e saiu andando!

Flá Leite disse...

Então, o panetone da foto da Claudia Comida e Bebida estava bem mais bonita rsrsrs Faltou tempo de geladeira mesmo, mas ficaram dois lá no congelador que qdo forem cortados tiraremos novas fotos rsrsr.
Eu adorei o pesto do jeitinho que estava ... Que fim levou o restinho de manjericão? Rsrsrs

Fábio disse...

Flávia

Com o restinho do manjericão foi feito o seguinte:
100kg para o Asilo
220kg para a Casa do bom Menino
e a outra metade está na minha casa.

Lia disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Não esquecendo Fábio, que tem mais ou menos 100 kgs comigo, 150 com a Cintia e mais 200 com o Emerson...kkkkkkkkkkkkkkkk

Cíntia disse...

É verdade, daqui a pouco tô comendo arroz com manjericão, pra não perder..rs